NIS and NFS on Linux

From Pruonckk.org

Autor Original: Pruonckk le Punk


Conteúdo

Prefácio

NIS e NFS, uma combinação magnífica, o nis, para validar nossos usuários e o nfs para garantir que os usuários terão seus dados centralizados, é isso que vamos demonstrar aqui


Baixando os pacotes necessários

Bom, eu vou focalizar este tutorial em Gnu/Debian Linux, então inicialmente vamos baixar os pacotes necessários para esta instalação

apt-get install nfs-common nfs-kernel-server portmap nis

após ele baixar os pacotes, durante a pós instalação, voce receberá a seguinte questão:

Você precisa agora escolher o nome de domí­nio NIS para seu sistema.
 Se você quer que esta máquina seja apenas um cliente, informe o nome  
 de domí­nio NIS de sua rede.                                            
                                                                         
 Informe seu domínio NIS                                             

Bom, como aqui estamos configurando o servidor, vamos deixar sem resposta alguma mantenha este campo em branco, e pressione ok

Configurando o NIS

A configuração do servidor, não é muito complicada, para inicio vamos configurar o arquivo /etc/hosts, e definir corretamente o nome da maquina

para isso, verifique o ip de sua maquina, e entao adiciona a entrada ao arquivo

192.168.1.1    server.rede.br    server

Agora precisamo setar o defaultdomain, que em nosso caso, será rede.br para isso crie/edite o arquivo /etc/defaultdomain

feito isso, vamos configurar o arquivo /etc/ypserv.securenets ao fim do arquivo encontraremos uma linha, igual a abaixo

# This line gives access to everybody. PLEASE ADJUST!
0.0.0.0         0.0.0.0

troque estes endereços para os de sua rede, isso ficara similar ao exemplo abaixo

255.255.255.0           192.168.1.0

192.168.1.0 é o ip que usei, substitua pelo sua faixa de ip, e pela sua mascara de rede

Agora vamos definir para o nis que seremos o servidor master, para isso editaremos o arquivo /etc/default/nis

altere as seguintes linhas, para os seguintes valores

# Are we a NIS server and if so what kind (values: false, slave, master)
NISSERVER=false

# Are we a NIS client (i.e. start ypbind?)
NISCLIENT=true

para

# Are we a NIS server and if so what kind (values: false, slave, master)
NISSERVER=master

# Are we a NIS client (i.e. start ypbind?)
NISCLIENT=false


Reiniciando o Serviço

Agora que estamos com tudo configurado, vamos reiniciar o serviço para que seja carregada as novas configurações

/etc/init.d/nis stop
/etc/init.d/nis start

Criando os maps

Bom, agora precisamos criar os maps e validar as configurações para o servidor, para isso vamos até o diretório /usr/lib/yp, e executaremos o seguinte comando

./ypinit -m

após a execuçao do comando, ele nos perguntará quais os hosts rodarão o servidor para o nis

At this point, we have to construct a list of the hosts which will run NIS
servers.  localhost is in the list of NIS server hosts.  Please continue to add
the names for the other hosts, one per line.  When you are done with the
list, type a <control D>.
        next host to add:  localhost

então acrescentamos o nome de nossa maquina ( no meu caso pruonckk ) e pressionamos control D ele irá lhe perguntar se os dados estão corretos, responda que sim ele irá gerar uma saída similar a seguinte:

We need a few minutes to build the databases...
Building /var/yp/rede.br/ypservers...
Running /var/yp/Makefile...
make[1]: Entering directory `/var/yp/rede.br'
Updating passwd.byname...
Updating passwd.byuid...
Updating group.byname...
Updating group.bygid...
Updating hosts.byname...
Updating hosts.byaddr...
Updating rpc.byname...
Updating rpc.bynumber...
Updating services.byname...
Updating services.byservicename...
Updating netid.byname...
Updating protocols.bynumber...
Updating protocols.byname...
Updating netgroup...
Updating netgroup.byhost...
Updating netgroup.byuser...
Updating shadow.byname...
make[1]: Leaving directory `/var/yp/rede.br'

localhost has been set up as a NIS master server.

Now you can run ypinit -s localhost on all slave server.

Configurando o Cliente NIS

Bom, agora instale os pacotes de nfs e nis no cliente ele irá lhe fazer a mesma pergunta agora para o nis, e em dommainname voce vai colocar o nome da tua rede, no meu caso o nome foi rede.br

após a instalação precisamos configurar o arquivo /etc/yp.conf e acrescentar a seguinte linha

ypserver 192.168.1.1  

Substitua o ip pelo ip do seu servidor

Agora reiniciamos o servidor nis no cliente

/etc/init.d/nis restart

Configurando o arquivo de senhas

Agora precisamos configurar o arquivo de senha, e de grupos, para usar os usuarios e grupos do servidor, para isso, abra o arquivo /etc/passwd e acrescente ao fim do arquivo a seguinte linha

+::::::

no /etc/group

+:::

no /etc/shaddow

+::::::::

Configurando o servidor NFS

Agora temos que exportar os homes dos usuarios, para isso, vamos editar o arquivo /etc/exports ( no servidor )

/home 192.168.1.0/255.255.255.0(rw,no_root_squash,sync)

reinicie o nfs

/etc/init.d/nfs-kernel-server stop
/etc/init.d/nfs-kernel-server start

Configurando o cliente NFS

no cliente, oque precisamos configurar seria o fstab para isso, abra o arquivo /etc/fstab e acrescente ao arquivo a seguinte linha

 192.168.1.1:/home      /home     nfs   rw,bg,tcp,rsize=32768,wsize=32768,hard,nointr,nolock,noac,timeo=600,user,auto  0       0

Obs: esta linha, é tudo na mesma linha, não de enter!!

se voce tiver um /home separado da raiz, voce tem que comentar no fstab

feito isso, voce pode montar o /home ( ou se prefirir reiniciar a maquina )


Pronto, agora temos um servidor NIS com NFS funcionando!


OBS: a cada usuario criado, va até o diretório /var/yp e execute o comando make


Voltar

Ferramentas pessoais
Inutilidades